BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

Pará terá 100% dos votos apurados antes de 00h de domingo | www.bragafest.com

Pará terá 100% dos votos apurados antes de 00h de domingo

Falta uma semana para as eleições 2022, onde os brasileiros irão às urnas para escolher presidente, governador, senador e deputados. Confira o que você deve fazer para depositar seus votos tranquilamente
 No próximo dia 02 de outubro, 156 milhões de eleitores, dentre eles mais de 6 milhões apenas no Estado do Pará, deverão ir às urnas no primeiro turno das Eleições 2022 | Divulgação

Apopulação brasileira está a sete dias de iniciar o processo que irá decidir, nas urnas, o futuro do país pelos quatro anos seguintes. No próximo dia 02 de outubro, 156 milhões de eleitores, dentre eles mais de 6 milhões apenas no Estado do Pará, deverão ir às urnas no primeiro turno das Eleições 2022, pleito que definirá os representantes para os cargos de deputado federal, deputado estadual ou distrital, senador, governador e presidente da República. Para que tudo corra com tranquilidade no momento do voto, porém, é preciso ficar atento a algumas orientações da Justiça Eleitoral.

O diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA), Felipe Brito, aponta que a primeira orientação que o tribunal dá aos eleitores é a de consultar antecipadamente o seu local de votação. “É possível que em razão de reformas, principalmente nas escolas municipais ou estaduais, haja necessidade de alteração de alguns desses locais, então, o ponto mais importante é que o eleitor certifique de que está se dirigindo ao local correto”.

O segundo passo, segundo o diretor-geral do TRE, é que o eleitor não pode esquecer de comparecer ao local de votação com um documento de identificação com foto, que pode ser a carteira de identidade, a carteira de motorista, a carteira de trabalho ou a carteira profissional, desde que amparada por lei como documento oficial. “Um outro aspecto é que ele se dirija cedo ao local de votação. Essa é uma eleição longa, com cinco votos, e o eleitor precisa se dirigir o mais cedo possível para evitar filas ao longo do dia”.

Justamente por envolver a votação para cinco cargos, o ideal é que o eleitor anote os números de todos os seus candidatos em um papel e leve o lembrete no dia da eleição para evitar que, eventualmente, ele esqueça ou erre algum número, além de agilizar o processo. Para isso, o eleitor pode anotar os números de acordo com a ordem em que aparecerá cada cargo. Felipe Brito orienta que o eleitor anote os números começando pelo deputado federal, que é o primeiro, com quatro dígitos; passando para deputado estadual que é o segundo, com cinco dígitos; para senador, que é o terceiro, com três dígitos. O quarto é para o cargo de governador, com dois dígitos e o quinto e último é para o cargo de presidente, com dois dígitos.

CELULARES

Durante o momento da votação, outro ponto de atenção tanto para os eleitores, quanto para os mesários será o controle do uso de celulares. O diretor-geral do TRE do Pará reforça que é importante entender que a lei que regulamenta o uso de celulares durante a votação não é nova. Tal alteração da Lei 9.504/97, que proibia a filmagem e a utilização de aparelhos eletrônicos que fizessem filmagem atrás da cabina de votação, foi realizada ainda no ano de 2009. “O que houve, de fato, dessa vez é que foi feita uma consulta ao TSE para que se explicasse como proceder, no caso de hoje, que todas as pessoas portam telefones celulares”, explica Felipe Brito.

“Especificamente no Pará, todos os mesários estão sendo orientados a colocar uma mesa ao lado da cabina de votação com o indicativo de que o eleitor deposite o seu celular antes de realizar a votação. Então, no Pará, ele não vai precisar entregar ao mesário, mas ele vai deixar numa mesa que fica próximo a cabina, à vista de todos que compõem a seção para assegurar que ele realmente não portará atrás da cabina, que é o que fala a lei”.

TOTALIZAÇÃO

Cumprido o procedimento necessário para depositar a sua escolha nas urnas eletrônicas, restará ao eleitor aguardar pela decisão do primeiro turno das Eleições 2022. No Pará, a meta apontada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PA) e a de alcançar 100% da totalização dos votos do Pará antes das 23h59.

“A apuração no estado do Pará é o que, de fato, envolve uma quantidade de recursos muito grandes. Estamos falando aí de 5.371 locais de votação e mais de 19 mil sessões distribuídas por todas as mesorregiões do estado. Trazer esses resultados ou transmiti-los a tempo é sempre um grande desafio”, considera o diretor-geral do TRE do Pará, Felipe Brito.

“A eleição é planejada para terminar em até três horas com especialmente o resultado matematicamente eleito. Mas, via de regra, acontece uma ou outra intercorrência que não garante o 100% da totalização antes das 23h59, 23h58 que é a meta que o Tribunal trabalha com a totalização integral de todo o estado do Pará”.

EM NÚMEROS

156.454.011

eleitores e eleitoras estão aptos a votar nas Eleições 2022.

6.082.312

eleitores estão aptos a votar no Estado do Pará.

Fonte: Estatísticas Eleitorais – Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

DÚVIDAS

Caso o eleitor tenha alguma dúvida com relação às Eleições e à votação, ele pode procurar o cartório eleitoral ou ainda ligar para o Disque Eleitor, no número 148, com ligação gratuita em todo o estado do Pará.

OUTRAS ORIENTAÇÕES

Quem pode votar?

Todo cidadão brasileiro alfabetizado, maior de 18 anos e legalmente capaz é obrigado a votar. O voto é facultativo para os eleitores analfabetos, os maiores de 70 anos, e os que têm entre 16 e 18 anos.

Primeiro Turno

O primeiro turno ocorrerá no dia 02 de outubro, de 8h às 17h, considerando o horário de Brasília. Antes de sair de casa, deve-se confirmar o local de votação, levar documento oficial com foto, e os números de seus candidatos anotados em um papel. No primeiro turno, será possível votar para os cargos de deputado ou deputada federal; deputado ou deputada estadual; senadora ou senador; governadora ou governador; e presidente da República.

Confirmação do voto

A partir destas eleições, o eleitor vai ter um tempo a mais para conferir os votos antes de confirmar. Depois que digitar o número de cada cargo, vai aparecer ‘confira o seu voto’ na tela parada por um segundo. Enquanto o texto estiver piscando, não adianta apertar nenhuma tecla. Só depois de 1 segundo o eleitor poderá apertar as teclas CONFIRMA ou CORRIGE, de acordo com o que ele quiser fazer.

O que é permitido e o que está proibido no dia da votação?

Permitido: Usar bandeiras, broches, camisetas e adesivos da sua candidata ou candidato, ou do seu partido está permitido.

Proibido: Manifestações coletivas, como torcer por um candidato com barulho ou aglomeração, estão proibidas. Boca de urna é crime.

E-Título

O aplicativo e-Título pode ser baixado no seu celular, nas plataformas IOS ou Android. Nele é possível consultar o número do seu título de eleitor e o seu local de votação. O aplicativo também permite justificar a ausência na votação. Porém, a orientação do TSE é baixar o e-Título com antecedência, já que o mesmo não poderá ser emitido nos dias de eleição.

Como votar na urna eletrônica?

No teclado da urna, digite o número dos candidatos de sua preferência na ordem dos cargos que aparecem abaixo. Na tela, aparecerão a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se as informações estiverem corretas, aperte a tecla verde “Confirma”. Confira a ordem para as Eleições 2022:

Deputado federal

Deputado distrital

Senador

Governador

Presidente

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

DOL

site7
site3
site8
site5
site1
LCSITEMAS
site13
site10
previous arrow
next arrow