BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

Pará chega a mais de 6 milhões de eleitores | www.bragafest.com

Pará chega a mais de 6 milhões de eleitores

É o maior colégio eleitoral da Região Norte do Brasil, segundo dados da Justiça Eleitoral. Leia mais sobre o perfil do eleitorado paraense

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou o perfil e o total de eleitores aptos a votar nas Eleições 2022. Em todo o país, 156.454.011 brasileiros e brasileiras podem ir às urnas no próximo dia 2 de outubro para eleger o presidente da República, governador (a), senador (a), deputado (a) federal e deputado (a) estadual. Somente no Pará, são 6.082.312 eleitores. Este número corresponde a 48,42% do total de eleitores da Região Norte do Brasil.

As estatísticas da Justiça Eleitoral mostram um aumento de 6,21% do eleitorado desde as últimas eleições gerais do país, em 2018. Naquele pleito, o número de eleitoras e eleitores habilitados a votar era de 147.306.275. O número de eleitores brasileiros que vivem no exterior também cresceu, saltando de 500.727, em 2018, para 697.078, em 2022, o que representa um aumento de 39,21%. Esses 697 mil brasileiros correspondem a 0,45% do eleitorado total apto a votar neste ano.

Segundo o presidente do TSE, ministro Edson Fachin, os dados revelam “o maior eleitorado cadastrado da história brasileira”. Os eleitores brasileiros estão distribuídos em 5.570 cidades – com a inclusão de Brasília e Fernando de Noronha – além de 181 cidades no exterior. A votação ocorrerá em 496.512 seções eleitorais distribuídas em 2.637 zonas eleitorais.

 

 | Reprodução

No Pará, os eleitores estão distribuídos em 144 municípios que concentram 100 zonas eleitoras e 19.704 seções eleitorais. As cidades que concentram a maior quantidade de eleitorado são: Belém, com 1.065.620 pessoas aptas a votar; Ananindeua (348.936 eleitores); Santarém (237.660); Marabá (185.129); Parauapebas (182.543); Abaetetuba (119.594); e Cameta (100.371).

A cidade de Bannach apresenta o menor número de paraenses aptos a votar. Lá, são 2.948 eleitores. Sapucaia tem o segundo menor eleitorado do Pará, com 4.856 eleitores, conforme aponta o TSE.

 Perfil

O Cadastro Eleitoral de 2022 mostra que, mais uma vez, a maior parte do eleitorado brasileiro é composta por mulheres. Ao todo, são 82.373.164 de eleitoras, o que equivale a 52,65% do total. Já os homens são 74.044.065, sendo 47,33%. Há ainda outros 36.782 votantes sem informação, num total de 0,02%.

No Pará, segundo a Justiça Eleitoral, a proporção matemática de eleitores por sexo é de 50% homens e 50% mulheres. Em números absolutos, são 3.066.174 eleitoras e 3.015.851 eleitores.

Nome social

Pela terceira eleição consecutiva, a Justiça Eleitoral garante que pessoas transgênero, transexuais e travestis tenham o nome social – aquele pelo qual o eleitor prefere ser designado – impresso no título de eleitor e no caderno de votação. Neste ano, 37.646 eleitores farão uso do nome social, um total de 0,02% do eleitorado apto.

 

Urna eletrônica
 Urna eletrônica | ( Reprodução )

No Pará, 919 pessoas aptas a votar usarão o nome social.

Voto facultativo

No Brasil, o voto é facultativo para os jovens de 16 e 17 anos, para as pessoas acima dos 70 anos e para os analfabetos. Nas eleições deste ano, 2.116.781 de jovens anos poderão votar. Em 2018, essa faixa etária alcançou 1.400.617. Esse número corresponde aos eleitores com 16 e 17 anos que terão essa idade no dia 2 de outubro, data do primeiro turno do pleito.

Em relação a 2018 houve um crescimento de 51,13% nessa faixa etária do eleitorado, fruto principalmente das ações promovidas pela Justiça Eleitoral durante a Semana do Jovem Eleitor.

Somente nos quatro primeiros meses de 2022 o Brasil ganhou mais de dois milhões de novos eleitores jovens.

No Pará 122.780 eleitores tem 16 e 17 anos de idade.

Por outro lado, o eleitorado acima de 70 anos também cresceu no país. O salto foi de 23,82%, indo de 12.028.608, em 2018, para 14.893.281 de idosos, em 2022. Esse número representa 9,52% de todo o eleitorado apto a votar no dia 2 de outubro.

No Estado do Pará 454.940 eleitores tem 70 anos ou mais. Um dado curioso é que existem 7.678 pessoas com 100 anos de idade ou mais que se quiserem poderão ir às urnas no próximo dia 2 de outubro.

Escolaridade

Quanto ao grau de instrução, os dados do Cadastro Eleitoral mostram uma mudança importante em relação a 2018: a maior parcela do eleitorado se concentra entre aqueles que declararam possuir o ensino médio completo. São 41.161.552, o equivalente a 26,31% do total. Nas eleições anteriores, em 2018 e 2014, a principal faixa do eleitorado era aquela composta por pessoas com o ensino fundamental incompleto.

Neste ano, as brasileiras e os brasileiros que disseram contar apenas com o ensino fundamental incompleto alcançaram a marca de 35.930.401, correspondente a 22,97% de todo o eleitorado. Na sequência, 26.049.309 de eleitores afirmaram ter o ensino médio incompleto (16,65%) e outros 17.127.128 declararam ter o ensino superior completo (10,95%).

A nível de Pará, a maioria dos eleitores (26,33%) tem Ensino Fundamental Incompleto. São 1.601.501 pessoas aptas a votar que não chegaram ao Ensino Médio. Por falar em Ensino Médio, apenas 1.522.595 eleitores completaram esta etapa de estudos. Exatos 995.420 eleitores paraenses não concluíram o Ensino Médio.

Apenas 7,26% dos eleitores paraenses (441.787) tem Ensino Superior Completo; e 5,67% (344.957) são analfabetos, segundo a Justiça Eleitoral.

DOL

https://linktr.ee/Xcarro91
WhatsApp Image 2022-05-06 at 11.07.52
site7
site3
site11
site1
site5
LCSITEMAS
site10
previous arrow
next arrow