BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

Férias em Ajuruteua estão com tudo! - BRAGAFEST.COM - O Top da Galera | www.bragafest.com

Férias em Ajuruteua estão com tudo!

Crianças e adultos aproveitavam o fim de semana no litoral banhado pelas águas do oceano Atlântico. Tinham opções tanto para quem gosta de mais agitação como para quem prefere tranquilidade
Imagem ilustrativa da notícia Férias em Ajuruteua estão com tudo!A extensa faixa de areia da praia de Ajuruteua foi palco de muita diversão. Milena Silva levou as crianças para brincar | (Mauro Ângelo)

Acombinação de mais um final de semana das férias de julho, calor intenso e as ondas agitadas levou muitos banhistas à extensa faixa de areia da praia de Ajuruteua, distante cerca de 36 km do centro da cidade de Bragança, na Região do Salgado paraense. Desde as primeiras horas de sábado (22), crianças, adultos e idosos aproveitavam o litoral banhado pelas águas do oceano Atlântico.

Aproveitando a maré cheia, a dona de casa Milena Silva, 33 anos, logo encontrou um lugar na areia para curtir a praia na manhã ensolarada de sábado. Para que aproveitasse o penúltimo final de semana de julho, ela e a família saíram no município de Augusto Corrêa, onde moram, ainda durante a madrugada.

“Eu já conhecia Ajuruteua, mas tinha muito tempo que eu não vinha. Resolvemos vir nessas férias para aproveitar a praia mesmo”, contou, enquanto acompanhava as crianças na areia. “Com o calor que tem feito esses dias, só uma praia mesmo”.

Leia também:

Atalaia: Lixo espalhado pela praia gera revolta

No caso do agente de comunicação José Carlos Oliveira, 63 anos e da auxiliar de enfermagem aposentada Zenita de Oliveira, 69 anos, a ida até a praia de Ajuruteua nas férias de julho já é uma tradição repetida há 15 anos. A preferência do casal pela praia é tanta, que fica até difícil definir o que mais os atrai no local.

“Tudo aqui é maravilhoso, a gente gosta de tudo em Ajuruteua. Da praia, do sol, a comida é melhor ainda”, comentou José Carlos. “Antigamente a gente vinha com mais calma, hoje a gente já vem com mais pressa, mas ainda assim dá para aproveitar bem. Chegamos na sexta-feira e vamos só na segunda-feira (hoje)”.

Mesmo com o fluxo grande de banhistas na praia, o clima era de tranquilidade. Em alguns trechos da extensa faixa de areia, se concentravam os veranistas que gostavam de aproveitar o dia com música, já nos trechos mais afastados apenas o barulho das ondas embalava as férias.

Bragança/ Ajuruteua, Pará, Brasil. Cidade, Retranca: AJURUTEUA/ VERÃO - Milena Silva, 33 anos, dona de casa (e familiares). Gancho: Ajuruteua, no litoral paraense, é formada por uma vila de pescadores e comerciantes e banhada pelo oceano atlântico, sendo opção para quem gosta, também, do turismo ambiental. Local: Bragança - Praia de Ajuruteua. Data: 22/07/2023. Foto: Mauro Ângelo/ Diário do Pará.
📷 Bragança/ Ajuruteua, Pará, Brasil. Cidade, Retranca: AJURUTEUA/ VERÃO – Milena Silva, 33 anos, dona de casa (e familiares). Gancho: Ajuruteua, no litoral paraense, é formada por uma vila de pescadores e comerciantes e banhada pelo oceano atlântico, sendo opção para quem gosta, também, do turismo ambiental. Local: Bragança – Praia de Ajuruteua. Data: 22/07/2023. Foto: Mauro Ângelo/ Diário do Pará. |(Mauro Ângelo)

Acompanhada pela família, a funcionária pública Juliene Pereira, 34 anos, estava entre as que preferiam o clima de calmaria. “Eu tenho um cunhado que mora aqui, então, a gente já frequenta a praia. Em julho, nós viemos a primeira vez no ano passado e gostamos porque eu acho mais tranquilo”, considerou. “Eu tenho um bebê de cinco anos, então, é mais tranquilo vir para cá e sair um pouco da bagunça”.

Aproveitando a estrutura de um dos restaurantes instalados na orla, que oferecem cobertura e ponto para armação de rede na praia, Juliene aponta essa como mais uma vantagem para quem vai ao local com criança. “Eu já vim pensando nessa rede porque, assim, ela (filha) pode aproveitar a praia, comer alguma coisa e depois dormir um pouco”.

A preferência dos veranistas pela praia de Ajuruteua também foi observada pelos restaurantes e pousadas localizados na vila. Proprietário da pousada Ajuruteua, Emanuel Souza conta que a pousada tem mantido 100% de ocupação desde o dia 1º de julho. “Graças a Deus o movimento está muito bom. Estamos com a lotação máxima desde o dia 1º de julho até o final do mês e já estamos com o mês de agosto todo reservado também”, considerou, ao contar que se preparou para essa retomada, após o período mais complicado de restrições em decorrência da pandemia. “A gente se preparou para isso, para um mês de julho maravilhoso. Pensando nessa retomada, fizemos uma nova estrutura de varanda com chalés e que também já estão todos ocupados”.

DOL

site8
site5
site3
site1
LCSITEMAS
site7
previous arrow
next arrow