BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

De R$ 197 a 24 milhões; os patrimônios dos presidenciáveis | www.bragafest.com

De R$ 197 a 24 milhões; os patrimônios dos presidenciáveis

O presidenciável mais rico é Felipe D’Ávila, que declarou mais de R$ 24 milhões, enquanto que o mais pobre é Leonardo Péricles, com uma conta bancária de apenas R$ 197.
Declaração é obrigatória a cada candidato para concorrer ao pleito | Reprodução Pixabay

Com o período para registrar as candidaturas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) chegando ao fim (o último dia é 15 de agosto), os presidenciáveis estão também declarando seu patrimônio. Os registros vão de R$ 197 a R$ 24 milhões.

Até agora, foram registradas nove candidaturas à Presidência da República: Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Felipe D’Ávila (Novo), Pablo Marçal (Pros), Leonardo Péricles (UP), Vera Lúcia (PSTU) e Sofia Manzano (PCB).

LEIA TAMBÉM:

Coluna Esplanada destaca o “novo eleitor” do Brasil; veja!

Lula e Bolsonaro ignoram Facebook e investem tudo no YouTube

O presidenciável mais rico é Felipe D’Ávila, que declarou mais de R$ 24 milhões. Na outra ponta está Leonardo Péricles, com R$ 197.

Veja as declarações de cada um dos candidatos, em ordem decrescente de riqueza.

Felipe D’Ávila

O candidato do partido Novo é o mais rico entre os que disputam a Presidência este ano. Seu patrimônio total é de R$ 24.619.627,66.Ele declarou possuir dois imóveis que, juntos, valem pouco mais de R$ 3,3 milhões, uma aplicação de renda fixa, de R$ 238 mil, e uma aplicação de R$ 1.350.O restante do valor, cerca de R$ 21 milhões, está anotado como “quotas ou quinhões de capital”, o que significa participação em empresas do tipo LTDA.

Pablo Marçal

Em segundo lugar está Pablo Marçal, que declarou R$ 16.942.541,15. Ele possui um imóvel, uma sala ou conjunto e grande parte do dinheiro do coach está investido em ações ou foi registrado sob a anotação “outros bens e direitos”.Marçal registrou sua candidatura no dia 1 de agosto, mas ela ainda é incerta. Há dois dias, uma ala do partido ligada ao ex-presidente Lula assumiu o comando da legenda e afirmou que retiraria a candidatura de Marçal. Ele, porém, insiste.

Lula

O ex-presidente é o terceiro com mais bens declarados ao TSE. Lula possui um patrimônio de R$ 7.423.725,78. O petista informou que possui três imóveis, três terrenos, uma construção, um veículo e algumas aplicações, incluindo uma participação em empresa LTDA.

O patrimônio de Lula diminuiu 7% desde a última eleição. Em 2018, quando tentou se candidatar à Presidência mas foi impedido porque estava preso, Lula declarou um patrimônio de R$ 7,98 milhões.

Ciro Gomes

O candidato do PDT declarou um patrimônio de R$ 3.039.761,97 ao TSE. Ciro possui quatro imóveis e dois veículos. O restante dos bens de Ciro está distribuído em aplicações ou participações em empresas LTDA.

Em 2018, o presidenciável também declarou ter dois veículos e dois imóveis. No entanto, um dos imóveis foi substituído por outro de valor 46% maior.

Simone Tebet

A candidata do MDB informou ao TSE que possui R$ 2.323.735,38.Os investimentos de Simone Tebet estão pouco diversificados. Segundo a declaração da candidata, ela possui nove imóveis e quatro terrenos. Os R$ 59 mil restantes estão em uma conta corrente.

Jair Bolsonaro

O atual presidente Jair Bolsonaro declarou um patrimônio de R$ 2.317.554,73. No registro, constam cinco imóveis e um veículo. Chama a atenção na declaração de Bolsonaro o fato de que ele possui R$ 591.047,58 na caderneta de poupança.

Em 2018, 80% dos investimentos de Bolsonaro já estavam na poupança. Na eleição anterior, Bolsonaro divulgou um patrimônio de R$ 2.286.779,48.Bolsonaro foi o último presidenciável a registrar sua prestação de contas. Os dados só ficaram disponíveis hoje no sistema do TSE.

Sofia Manzano

Primeira a registrar a candidatura, Sofia Manzano declarou no total R$ 498.000,00. Entre seu patrimônio estão dois imóveis.

Vera Lúcia

A candidata do PSTU afirmou possuir R$ 8.805,00 investidos na poupança.

Leonardo Péricles

O candidato da União Popular declarou ter apenas R$ 197,31 na poupança.

DOL

site7
site11
site1
LCSITEMAS
site10
previous arrow
next arrow