BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

Crianças moveram o corpo da mãe para retirar bebê de avião - BRAGAFEST.COM - O Top da Galera | www.bragafest.com

Crianças moveram o corpo da mãe para retirar bebê de avião

O bebê que tinha 11 meses quando desapareceu completou 1 ano no dia do resgate
Imagem ilustrativa da notícia Crianças moveram o corpo da mãe para retirar bebê de avião
O bebê estava posicionado entre o corpo da mãe e do piloto, o que pode ter ajudado a amortecer a queda durante o impacto | ( Reprodução )

Crianças encontradas na última sexta-feira (9), pelas forças militares da Colômbia na Selva, após um acidente de avião, tiveram que mover o corpo da própria mãe para retirar o bebê dos destroços.

A criança mais velha, Lesly Mucutuy de 13 anos, após a queda da aeronave conseguiu ver os pés do bebê e tirou a criança do local. Lesly, Soleiny Mucutuy, de 9 anos, Tien Noriel Ronoque Mucutuy, de 4 e Cristin Neriman Ranoque Mucutuy de 1 ano foram resgatados na selva após 40 dias desaparecidos.

O bebê que tinha 11 meses quando desapareceu completou 1 ano no dia do resgate estava posicionado entre o corpo da mãe e do piloto, o que pode ter ajudado a amortecer a queda durante o impacto.

De acordo com Sergio Paris Mendonza, diretor da Aeronáutica Civil da Colômbia, a cadeira da mãe das crianças se desprendeu com o impacto e caiu contra o corpo do piloto.

“A cadeira de trás, onde estavam as crianças, está absolutamente intacta, não se desprendeu [do avião].” Disse em entrevista ao Fantástico da Rede Globo.

Homem atingido por mastro de madeira teve lesão no crânio

O marido da mulher revelou em entrevista que Magdalena Mucutuy, mãe das crianças, permaneceu viva por quatro dias após o acidente de avião. Segundo ele, a mãe teria pedido para as crianças deixarem o local da queda. Além da mulher, um líder indígena e um piloto morreram.

Um cachorro farejador militar identificado como Wilson que ajudou nas buscas está desaparecido, segundo as crianças o cão permaneceu com elas por 4 dias e estava magro. “Wilson é um comando, faz parte da nossa família e não deixamos um comando para trás. Neste momento continuam 100 bravos soldados da nossa força militar, do nosso exército nacional, tentando encontrar o Wilson. Essa é a garantia que temos. Um compromisso de honra com o Wilson porque em algumas ocasiões, ele também salvou as nossas vidas.” Disse o general.

DOL

site8
site5
site3
site1
LCSITEMAS
site7
previous arrow
next arrow