BragaFest.com – O melhor do entretenimento da Região

Belém já vive a quarta onda de Covid-19; previna-se! | www.bragafest.com

Belém já vive a quarta onda de Covid-19; previna-se!

A cada dez pacientes que realizam testes, seis positivam para a doença, de acordo com o Sindesspa. Apesar do atual momento, os números não colocam em risco os leitos hospitalares de Belém

A busca por atendimento de pessoas acometidas por sintomas gripais tem aumentado nas unidades de saúde particulares, em Belém. Mais preocupante do que isso, a maioria desses casos é referente a pessoas diagnosticadas com Covid-19. A confirmação foi feita pelo Sindicato dos Estabelecimentos e Serviços de Saúde do Estado do Pará (Sindesspa), que contabiliza a situação no número e tipo de atendimento nas unidades de saúde da rede particular, o que indica um novo surto na cidade.

Em números, de acordo com o Sindesspa, de dez pessoas com sintomas gripais que se submetem ao exame, seis testam positivo. “Mais de 50% das pessoas que apresentam esses sintomas estão com Covid-19, o que nos faz dizer que Belém vive a quarta onda da pandemia, embora num outro cenário, diferente das primeiras ondas que foram enfrentadas”, disse o Dr. Breno Monteiro, presidente do Sindesspa.

 

Os hospitais particulares da cidade estão lotados de pacientes que relatam sintomas gripais
 Os hospitais particulares da cidade estão lotados de pacientes que relatam sintomas gripais | Antonio Melo/Diário do Pará

 

 

O DIÁRIO registrou a grande procura de pacientes em hospitais particulares na cidade. Em uma unidade hospitalar localizada na travessa Castelo Branco, bairro do Guamá, o entra e sai de pessoas era intenso. “Vim trazer minha filha que está gripada, mas não conseguimos ser atendidas porque estava lotado de pessoas com o mesmo sintoma. Estamos indo embora, vou cuidar dela em casa para ver se melhora”, disse a professora Maria Andrade.

Apesar do surto de Covid-19 na cidade, o Sindesspa afirma que os números de casos não chegam a colocar em risco os leitos hospitalares. O alto percentual de vacinados seria o motivo, o que mostra a eficiência dos imunizantes em combater o vírus. “Se não fosse a vacina, poderíamos estar vivendo esse surto com muitas mortes. Pelo contrário, com o alto percentual de vacinados, não tem ocorrido o aumento de internações nas unidades hospitalares da rede privada por covid-19. Por isso, por quantas vezes for necessário, as pessoas devem procurar se vacinar”, acrescentou.

Além disso, em relação aos sintomas gripais como dor de garganta, febre e coriza, entre outros, o Sindesspa alerta para os cuidados básicos, uma vez que apresentar esses sintomas não significa estar infectado pela covid-19. “Os cuidados são os de sempre, como isolamento, usar máscaras e usar vitaminas que ajudam o paciente a se recuperar em casa. Se for sair, apenas se for em casos mais graves e, além disso, buscar se vacinar contra a gripe e outras doenças que estão disponíveis. Teremos que aprender a conviver com o vírus e outras doenças, e isso depende muito de nós”, declarou Breno Monteiro.

Onde fazer teste

UBS

– Outeiro (Rua Manoel Barata, 2373-2397);

– Cotijuba (Rua Manoel Barata, s/n);

– Jurunas (Rua Fernando Guilhon, s/n, entre passagem Jacob e travessa Monte Alegre);

– Bengui(Rua Benfica, esquina com passagem São Pedro);

– Carananduba (Praça do Carananduba, s/n, entre avenida Beira-Mar e rua Santo Antônio, Mosqueiro);

– Baía do Sol (Avenida Beira-Mar, s/n, próximo ao mercado, Mosqueiro);

– Icoaraci (Rua Manoel Barata, 840, entre travessas Itaboraí e São Roque);

– Tapanã (Rua São Clemente, s/n).

UPAS

– Sacramenta (Avenida Doutor Freitas, 860);

– Jurunas (Passagem Esperança, 63);

– Marambaia (Rua Maravalho Belo, s/n);

– Terra Firme (Avenida Perimetral, s/n);

– Icoaraci (Rua Paraíso, s/n).

URE DOCA

– Av. Visc. de Souza Franco, S/n – Reduto (Próximo ao Shopping Boulevard)

DOL

https://linktr.ee/Xcarro91
WhatsApp Image 2022-05-06 at 11.07.52
site7
site3
site11
site1
site5
LCSITEMAS
site10
previous arrow
next arrow