Logo Marca do Site BragaFest.com

Bragança, 23 de Outubro de 2019

Contrate o bragafest 98437-0733

Braganca - PA, 23 de Outubro de 2019 -- Publicado em: 11/06/2019 às 07:24:56

No Norte, cidades correm o risco de ficar no escuro

Risco de apago atribudo a um erro administrativo das duas estatais que at

Postado por: bragafest
 Foto: oliberal.com 
No Norte, cidades correm o risco de ficar no escuro


Mais de 217 mil pessoas que vivem em 8 municípios e quatro distritos de Rondônia e dois municípios do Acre correm o risco de ficar sem energia nos próximos dias. O aviso foi dado pela concessionária Energisa - que, em agosto do ano passado, comprou as distribuidoras estatais Ceron e Eletroacre. O risco de apagão deve-se a um erro administrativo das duas estatais que atuavam na região. 



Em 2018, como as duas operações seriam vendidas, as estatais simplesmente deixaram de incluir, em seus planejamentos de abastecimento, a necessidade de renovar os contratos que detinham com as usinas térmicas que abastecem esses municípios desplugados da rede nacional de transmissão. São os chamados "sistemas isolados", que precisam ter uma usina próxima para acesso à energia. 



A Energisa espera uma decisão urgente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), pois não tem autorização para renovar os contratos já firmados com as usinas. Pelas regras do setor, a empresa só pode assinar novos contratos de abastecimento por meio de leilões realizados pela agência. 



"Vislumbra-se o risco da interrupção do fornecimento de energia para os sistemas isolados, situação esta que, como destacado, decorre da ausência de planejamento da gestão anterior, quando as distribuidoras eram geridas sob regime de designação", afirmou a Energisa, em carta à Aneel, em maio. 



 


No documento, a empresa pede que a agência autorize a prorrogação por 36 meses dos contratos que vencem nos próximos dias. A concessionária informa que está construindo linhas para interligar os municípios e que pretende rescindir esse acordo assim que as obras ficarem prontas. A agência ainda avalia o pedido. 



O impasse afeta oito municípios ou distritos de Rondônia, que têm contratos de fornecimento de luz até o fim do mês: Bandeirantes, Alvorada DOeste, Costa Marques, São Francisco, Campo Novo, Vale do Anari, Extrema e Vista Alegre. Em julho, acaba o contrato de Nova Califórnia. Outras três cidades - Buritis, Cujubim e Machadinho D'Oste - têm fornecimento assegurado até setembro. No Acre, a população de Assis Brasil e Manoel Urbano tem luz garantida até o mês que vem. 



Questionada, a Energisa disse que "não há qualquer possibilidade de descontinuidade do fornecimento de energia". A empresa diz que "todos os procedimentos legais de regularização (...) já foram solicitados e estão em andamento na Aneel e demais órgãos competentes". 



oliberal.com




Deixe seu comentario pra gente!!!
Exibindo Notcia(s) de 1 a 15 | Total de Registros: 8015

23/10/2019 - Vazamento de Petrleo pode chegar na praia de Ajuruteua.

22/10/2019 - Waldir diz que Bolsonaro covarde e se dobra a generais em reforma de milita

22/10/2019 - Bragantino renova com Robson Melo e traz ex- Remo para compor comisso tcnic

22/10/2019 - Terceira temporada de "Stranger Things" bate recorde e a mais assistida da

22/10/2019 - Golpe para roubar Whatsapp nem precisa de vrus; fique atento

22/10/2019 - Shows de MC Gui so cancelados aps ele ser acusado de praticar bullying

22/10/2019 - Cmara de vereadores se pronuncia sobre fogo no lixo.

22/10/2019 - MC Gui faz bullying com garotinha na Disney e criticado por internautas

22/10/2019 - FGTS antecipado e 13 do Bolsa Famlia liberam R$ 14,5 bi extras

22/10/2019 - Star Wars: divulgado trailer final de "A Ascenso Skywalker"; veja

22/10/2019 - Dono de parque de diverses morto durante assalto em Barcarena-Par

21/10/2019 - APAE de Bragana promove Jogos Paraolmpicos

21/10/2019 - Eduardo Bolsonaro torna-se lder do PSL na Cmara e Delegado Waldir acata

21/10/2019 - Grazi Massafera diz que atuou em pior novela da Globo: "Fracasso"

21/10/2019 - Luan Santana desabafa sobre boatos de homossexualidade: "Comecei a me questio