Logo Marca do Site BragaFest.com

Bragança, 20 de Outubro de 2017

Contrate o bragafest 98437-0733

Braganca - PA, 20 de Outubro de 2017 -- Publicado em: 29/05/2017 às 08:03:07

Jovem arrisca "selfie" com cobra anaconda em rio no AM, e foto viraliza

Postagem j passa das 5.800 curtidas no Facebook

Postado por: bragafest
 Foto: ORMNews 
Jovem arrisca "selfie" com cobra anaconda em rio no AM, e foto viraliza


Era para ser uma simples 'selfie', mas a companhia do autônomo Carlos Andrade, de 22 anos, na imagem acabou dando o que falar. Na postagem, ele aparece em um rio do município de Nhamundá, a 375 Km de Manaus, com uma sucuri ao fundo. A foto foi publicada no perfil dele no sábado (27) e reproduzida em diversas páginas no Facebook. Uma das postagens já conta com mais de 5.800 curtidas e pelo menos 1.650 compartilhamentos.



Ao G1, Carlos contou que tirou a foto no dia 22 deste mês. O animal estava no Rio Nhamundá, que banha o município e é um dos afluentes do Rio Amazonas. "[Minha família] tem um sítio na cabeceira do rio. Vi a cobra e fiquei assustado, porque temos muitos animais. Mas, ela não estava se mexendo. Entrei na água e peguei o celular para fazer a foto", relatou.



Carlos afirma que o animal não avançou ao perceber a presença dele na água. "Na verdade, ela foi se afastando à medida que eu entrava no rio. Ela parecia ter algo na barriga. Por isso, não se mexia. Tirei a foto e saí da água. Depois, já não a vi mais", acrescentou.



Em comentários nas diversas postagens da foto, internautas mostraram espanto e até brincaram com a situação. Comentários como “Eu amo esses animais, só que não queria encontrá-los assim. #medo”, “Eu já estaria correndo sobre as águas...” e “Menino, tenha amor pela vida. Eu só de ver esta foto quase tenho um troço”, acompanham a publicação.



'Força para matar ou afogar pessoa'



De acordo com a pesquisadora de cobras da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Luciana Frazão, não é comum ter registros frequentes de ataques de sucuris a humanos. Conforme ela, a espécie de cobra não é venenosa, porém, tem grandes tamanhos e força. O autônomo estima que a cobra vista em Nhamundá tenha entre 4 e 5 metros de comprimento.



“Elas alcançam de 7 a 8 metros. Já teve registros de sucuris maiores de até 10 metros. Apesar de não serem venenosas, elas mordem e podem afogar uma pessoa, por ter muita força”, disse Luciana.



A pesquisadora informou ainda que as sucuris não têm humanos como presas, mas podem atacar caso se sintam ameaçadas. “Como elas são muito fortes quando adultas, as sucuris podem sim ter força suficiente para matar uma pessoa ou até afogá-la. Já que são mais aquáticas e podem segurar uma pessoa embaixo da água”, comentou.



Após analisar a foto publicada por Carlos, a pesquisadora de cobras orientou para pessoas que encontrem uma sucuri que deve ser mantido um respeito e uma distância segura para que não haja risco.



Fonte: ORMNews




+Fotos

Deixe seu comentario pra gente!!!
Exibindo Notcia(s) de 1 a 15 | Total de Registros: 6003

19/10/2017 - Baseado em boato, vereador do Paran ameaa prender Pabllo Vittar

19/10/2017 - Anitta rene bailarinos cadeirante, paratleta, plus size, terceira idade e Do

19/10/2017 - Prefeito Raimundo visita Presidente da Cmara dos Deputados

19/10/2017 - Secretaria de sade intensifica campanha Outubro Rosa

19/10/2017 - Gestores bragantinos renem com Ministro da Educao

18/10/2017 - Comunidade da Vila do Socorro recebe a Caravana da Cidadania Girassolos

18/10/2017 - Plo Piabas do Instituto Santa Helena inaugurado em Vila Ftima

13/10/2017 - Robert Pattinson e Fka Twigs se separam

13/10/2017 - Odebrecht: US$ 35 mi a Maduro, diz executivo

13/10/2017 - Setembro fecha com 5,41 milhes de nortistas negativados

13/10/2017 - Cidades comeam a cobrar ISS em servios como Netflix e Spotify

13/10/2017 - Cidades comeam a cobrar ISS em servios como Netflix e Spotify

13/10/2017 - Cresce procura de banhos de ervas contra a m sorte

12/10/2017 - Mega-Sena: ningum acerta as seis dezenas e prmio acumula

12/10/2017 - Planetrio do Par est entre os museus mais visitados do Brasil, diz MinC